Borda Aprenda a dirigir com
quem gosta de ensinar!
(49) 3544-2380
(49) 8849-4267
Borda Horário de atendimento
Seg - Sáb 08:30 às 19:00

Notícia

Como ocorrem e como evitar derrapagens no trânsito?

Como ocorrem e como evitar derrapagens no trânsito?

Manter a calma é importante em cada segundo que você passa no trânsito. Afinal, qualquer um pode se assustar e perder o controle do carro com uma derrapagem. O fenômeno, que ocorre porque os pneus perdem a aderência e deslizam sobre a superfície da pista (em vez de rolar sobre ela), pode ser evitado com uma boa manutenção dos pneus.

Pneus em bom estado ajudam a manter o veículo firme no chão, evitando derrapagens. Daí a importância de calibrá-los a cada semana e verificar se os sulcos se encontram na altura correta, antes de qualquer viagem. É importante também observar, ocasionalmente, se há desgastes. Examine-os em busca de bolhas ou rachaduras.

Dica: faça um rodízio de pneus a cada 10 mil km, troque as de trás pelas da frente, sem trocar as da esquerda com as da direita. Se, depois disso, notar um tremor no volante ao atingir velocidade mais alta é sinal de que você deve ir a uma oficina especializada.

O que fazer quando acontecer?

Em uma derrapagem, não freie bruscamente por nada. Mantenha o veículo em linha reta e reduza a velocidade. Caso o pneu tenha furado, ele deve inclinar para o lado em que furou. Quando tiver certeza de que domina o veículo, sinalize para os outros motoristas e vá para o acostamento em segurança.

Pneus dianteiros

Em uma derrapagem com os pneus dianteiros, a frente do carro mantém-se reta mesmo se você girar o volante para a esquerda ou para a direita. As derrapagens de pneus dianteiros acontecem quando o motorista acelera muito ao fazer uma curva.

Nesse caso, não toque nos pedais ou endireite o volante. Mantenha as rodas viradas, mas não rode o volante de forma brusca ou excessiva. Quando o carro voltar à direção que você quer, endireite as rodas e acelere devagar.

Pneus traseiros

Quando ocorre uma derrapagem das rodas traseiras, o carro desliza lateralmente e isto faz com que ele rode como um pião. Isso pode acontecer numa curva ou quando se muda de direção com muita velocidade.

Escape da situação tirando o pé do acelerador ou do freio. Gire o volante na direção em que a traseira do carro derrapa. Mas, não vire demais – para evitar uma segunda derrapagem na direção oposta! Quando as quatro rodas estiverem alinhadas novamente, acelere com suavidade.

Quatro rodas

Derrapagens nas quatro rodas, normalmente, acontecem em freadas bruscas. Elas ficam “travadas” e o carro continua a deslizar, aparentemente, sem perder velocidade.

Retire o pé do freio até as rodas recomeçarem a rolar e não retire o pedal da embreagem. Uma vez recuperado o domínio da direção, endireite as rodas.

Fonte: ABETRAN